sexta-feira , novembro 27 2020

Atacarejo e mercadinhos atraem o consumidor

Segundo pesquisa da consultoria Nielsen, as 10 milhões de famílias que conseguiram superar a crise no momento atual têm preferido encher os carrinhos nos canais de atacado e em mercados de vizinhança. “O atacado é utilizado para o abastecimento, e a vizinhança, para a reposição”, explica a especialista em consumo da Nielsen, Mariana Morais. Os atacarejos atraem pelos preços mais competitivos; já os mercadinhos, pela praticidade.

Pelo levantamento, entre as famílias que saíram da recessão, os gastos em mercados de vizinhança cresceram 34% em 2017; nos atacarejos, 20%; e nos supermercados, 18%. Já nos hipermercados, houve queda de 14% no volume de vendas.

Os resultados da pesquisa mostram uma tendência nos hábitos de consumo. Uma boa oportunidade para quem quer empreender, mas ainda tem dúvidas sobre qual segmento optar.

Fonte: Portal New Trade

Veja Também

Banco Popular adota medidas de apoio aos microempreendedores frente à pandemia

O Banco Popular de Teresina (BP) está adotando medidas de apoio aos pequenos empreendedores que …