Universidade alemã nega que ministro da Educação tenha obtido pós-doutorado

Universidade de Wuppertal afirmou nesta segunda (29) que Decotelli não obteve o título. É a segunda vez que o ministro é desmentido publicamente

A Universidade de Wuppertal, na Alemanha, negou que o ministro da Educação, Carlos Alberto Decotelli da Silva, tenha obtido pós-doutorado na instituição. Desta forma, a universidade desmente Decotelli, que afirma, em seu currículo Lattes, que obteve o pós-doc em Wuppertal.

A universidade confirmou a informação ao Jornal de Brasília na manhã desta segunda-feira (29). “Carlos Decotelli não adquiriu um título em nossa universidade. A Universidade de Wuppertal não pode fazer declarações sobre títulos adquiridos no Brasil”, conta a instituição, em nota.

A instituição explica que Decotelli esteve na instituição por três meses, de janeiro a março de 2016, para uma pesquisa de três meses na disciplina ministrada pela professora Dra. Brigitte Wolf, que dava aulas de teoria do design, com foco em metodologia, planejamento e estratégia.

Nem pós, nem doutorado

O presidente Jair Bolsonaro chegou a publicar, no Twitter, a informação de que Decotelli tem doutorado pela Universidade de Rosário, na Argentina, e pós-doutorado pela Universidade de Wuppertal, na Alemanha. Em seguida, o reitor da instituição argentina, Franco Bartolacci, negou que o ministro tivesse obtido o título de doutor.

O Ministério da Educação não havia divulgado nota sobre o caso até a última atualização desta matéria.

 

R7

Veja Também

Bolsonaro anuncia professor e pastor Milton Ribeiro como novo ministro da Educação

Ribeiro será o quarto ministro da Educação em um ano e meio de governo Bolsonaro. …