quarta-feira , novembro 25 2020

Pacientes renais crônicos terão atendimento prioritário em Teresina

De acordo com a Sociedade Brasileira de Nefrologia, a doença renal crônica atinge 10% da população mundial e afeta pessoas de todas as idades e raças. A estimativa é que a enfermidade afete um em cada cinco homens e uma em cada quatro mulheres com idade entre 65 e 74 anos, sendo que metade da população com 75 anos ou mais sofre algum grau da doença.

Diante do contexto, projeto de lei de autoria da vereadora Teresa Britto (PV), foi sancionado pela prefeitura de Teresina. A iniciativa dispõe sobre o atendimento prioritário aos portadores de doença renal crônica em estabelecimentos bancários, comerciais, órgãos públicos e outros serviços que realizem atendimento através de filas, senhas ou métodos similares.

“Esses pacientes convivem com uma série de limitações. É preciso fazer justiça e minimizar o sofrimento físico e mental dessas pessoas”, argumentou a vereadora Teresa Britto.

Fonte: Ascom

Veja Também

Após reunião de emergência, Anvisa libera a retomada da Coronavac

Órgão havia suspendido estudos com vacina chinesa depois do relato de “um evento adverso grave”. …