quinta-feira , setembro 24 2020

Falta de recursos causa demissão em massa de funcionários no Parque Nacional Serra da Capivara

A falta de recursos causou a demissão em massa de dezenas de funcionários no Parque Nacional Serra da Capivara, no Sul do Piauí. De acordo com a diretora da Fundação Museu do Homem Americano (FUMDHAM), Niède Guidon, mais de 50 pessoas que trabalhavam na manutenção do local tiveram que ser desligadas.

Segundo Niède Guidon, uma parte dos recursos destinados à manutenção do parque, como para pagamento dos funcionários, está retida aguardando liberação da Justiça.

“Nós temos esse recurso que foi conseguido pela OAB, mas o juiz entrou de férias e não fez a liberação, agora não temos como pagar os funcionários e tivemos que demitir”, informou a arqueóloga.

O recurso é resultado de uma longa batalha judicial iniciada pela Ordem dos Advogados do Brasil, Secção Piauí, e Ministério Público Federal (MPF) para garantir a manutenção do parque. A ação resultou no bloqueio de mais de R$ 3 milhões de contas da União, dos quais a Justiça Federal determinou a liberação de R$ 782.485, em caráter emergencial, para suprir despesas com pessoal, materiais de consumo e infraestrutura.

O parque, que chegou a operar com mais de 250 funcionários, atuava antes da demissão com cerca de 70 pessoas. Embora com efetivo limitado, a diretora da FUMDHAM garante que o funcionamento do local está mantido. “As guaritas de visitação ainda estão funcionando por enquanto”, afirmou Niède Guidon.

Fonte: Portal SRN

Veja Também

Proposta determina que o poder público pague o sepultamento de vítimas do coronavírus

O Projeto de Lei 1662/20 determina que o manejo do cadáver e o sepultamento ou …