segunda-feira , dezembro 6 2021

Faculdades de Direito estão ultrapassadas e não ensinam a advogar, diz Advogado Especialista

Segundo Reille Gomes (@reillegomes), o que as faculdades fazem é ensinar a parte teórica do Direito e não a parte prática.

“Para você ter uma ideia o quanto as faculdades estão ultrapassadas, recentemente em uma palestra, no qual fui convidado para ministrar, um dos participantes, que era estudante de Direito, disse que estava estudando cheque. Isso é inadmissível nos tempos atuais!”, disse o Advogado.

Segundo o Especialista em Empreendedorismo Jurídico, “a maioria dos recém-formados no qual eu converso dizem que não tem confiança para advogar, se sentem inseguros e sem saber o que fazer, pois a realidade do mercado é totalmente diferente da faculdade.”

De acordo com Reille Gomes, a faculdade não prepara os advogados para serem donos do próprio escritório, restando apenas 3 alternativas:

1) Optarem por concursos: cada vez mais concorridos e escassos!

2) Trabalharem como associado em grandes bancas: trabalhando muito e ganhando pouco!

3) fazerem Pós-Graduação: aprender mais teoria e nada de prática!

O que é lamentável, diz Reille Gomes.

“As faculdades formam técnicos em Direito, e não donos de escritórios de advocacia.”

Segundo o Advogado, existe uma outra opção, que é Empreender na Advocacia. Porém, é preciso ter estratégias e estudar outras habilidades que não se aprende na faculdade e muito menos na Pós-Graduação, Mestrado ou Doutorado.

Inconformado com o atual sistema de ensino, Reille Gomes vem compartilhando essas habilidades com outros advogados por meio de palestras, congressos, cursos e mentorias. Inclusive dentro da própria OAB!

De acordo com o Especialista em Empreendedorismo Jurídico, as faculdades deveriam ensinar matérias de empreendedorismo, marketing, vendas, gestão, oratória, fluxo de caixa, etc.

Para o especialista, “são essas habilidades que diferenciam um advogado amador de um Advogado Visionário.”

“Não adianta você ter muito conhecimento técnico, se não tiver clientes para aplicar esse conhecimento”, diz Reille Gomes.

Eu conheço vários advogados que tem muito potencial, porém, pouco resultado na advocacia, justamente porque não dominam essas habilidades, bem como não sabem demonstrar para as pessoas o quanto são bons advogados.

Somos mais de 1 milhão e 200 mil advogados! Se não nos diferenciarmos da maioria estaremos extintos, assim como os dinossauros.

A primeira pergunta que eu faço para os meus alunos e mentorados, e vou fazer para você, leitor desse artigo, é:

“Você vai continuar fazendo as mesmas coisas que a maioria dos advogados fazem e ter os mesmos resultados, ou vai começar a se diferenciar e ter resultados diferentes?”

Espero, de verdade, que a sua resposta seja a segunda opção!

Reille Gomes é advogado e professor de marketing jurídico.
Instagram: @reillegomes

Veja Também

Atenção!

A Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Piauí, diante do lamentável acidente de trânsito …