quinta-feira , outubro 22 2020

Entidades cobram efetivação da Lei de proteção aos animais domésticos em Teresina

Entidades ligadas à proteção animal reivindicaram a efetivação da Lei N°3.884/2009, de autoria da vereadora Teresa Britto (PV), que trata do programa de proteção aos animais domésticos na capital.

De acordo com a representante da Associação Piauiense de Proteção e Amor aos Animais (Apipa), Roseli Klein, a norma, caso efetivada, seria uma importante ferramenta na causa animal em Teresina.

“É uma Lei que nunca saiu do papel. O Executivo precisa efetivá-la e reforçar essas ações, assim como criar espaços de acolhimento e tratamento dos animais domésticos”, diz.

Outra pauta discutida também foi o atendimento realizado no Hospital Veterinário da Universidade Federal do Piauí (HUV). Informações de pessoas que precisaram de atendimento para seus animais deram conta de altas taxas cobradas no centro de saúde. Sobre essa demanda, o diretor do HUV informou que o hospital está em sexto lugar no país em atendimento de hospitais e tem as menores taxas cobradas entre hospitais veterinários do Brasil. Ainda de acordo com o gestor, as taxas cobradas pelos atendimentos não sofreram reajustes durante 15 anos.

Proponente da audiência pública, a vereadora Teresa Britto destaca os encaminhamentos deliberados durante a reunião, como

a solicitação, junto ao Executivo, da construção de um Hospital Veterinário Municipal; criação da Gerência Municipal de Proteção aos Animais; inclusão do veterinário nas equipes multidisciplinares da Estratégia de Saúde da Família; destinação de emendas parlamentares para atendimento médico-veterinário; acompanhamento da liberação dos recursos para reforma do Centro de Zoonoses; e a criação de uma comissão para monitorar todas as deliberações feitas durante a audiência.

Também participaram da audiência o presidente do Conselho Regional de Medicina Veterinária do Piauí, Anísio Ferreira Neto; e os vereadores Luís André (PSL), Teresinha Medeiros (PSL) e Edilberto Dudu (PT).

Fonte: Ascom

Veja Também

Uso desenfreado de antibióticos na pandemia pode levar a ‘apagão’ contra bactérias resistentes

Mesmo sem eficácia ou necessidade comprovada para a covid-19, antibióticos foram amplamente usados contra o …