Semana Nacional da Pessoa com Deficiência Intelectual promove inclusão e defesa de direitos

A Semana Nacional da Pessoa com Deficiência Intelectual e Múltipla tem como tema neste ano “Família e pessoa com deficiência, protagonistas na implementação das políticas públicas”. A data era uma iniciativa das Apaes, mas virou lei no final do ano passado (Lei 13.585/17).

Para o autor do projeto que originou a norma legal, deputado Eduardo Barbosa (PSDB-MG), a semana permite dar maior visibilidade às pessoas com deficiência. “É uma hora de envolver as autoridades, de envolver a comunidade para todos refletirem sobre seu papel frente à inclusão dessas pessoas com deficiência intelectual”, destacou.

Reflexão

A Federação Nacional das Apaes (Fenapaes) é responsável pela organização de eventos em todo País ao longo desta semana para estimular a reflexão sobre a importância da atuação dos familiares, e da própria pessoa com deficiência, na busca de inclusão e na defesa de direitos.

O presidente da federação, José Turozi, fala explica a importância da iniciativa: “é uma semana de reflexão em todas as 2.180 Apaes do Brasil para levar ao conhecimento da comunidade a real necessidade dessas pessoas na área educacional, de saúde, de assistência social”

Maria Clara Machado tem síndrome de down e trabalha no apoio de serviços administrativos aqui na Câmara dos Deputados. Para ela é importante dar destaque para a Semana Nacional da Pessoa com Deficiência. “Vamos batalhar por nossos direitos. Antigamente, as pessoas escondiam os filhos em casa, não querendo participar de nada, mas agora queremos oportunidades, como trabalhar, estudar, ter o mundo inteiro. Na saúde, nos hospitais, por exemplo, tem médicos que não estão preparados para isso. E tem que se preparar”, defendeu.

Censo
Segundo o último Censo, realizado em 2010 pelo IBGE, o Brasil possui mais de 45,6 milhões de pessoas com alguma deficiência, isso equivale a quase um quarto da população brasileira (23,9%). Nesse total, a deficiência mental ou intelectual foi declarada por mais de 2,6 milhões de brasileiros.

Fonte: Agência Câmara

Veja Também

Rússia aprova 1º remédio contra covid-19 para venda em farmácias

Medicamento chamado Coronavir é para infecções brandas e moderadas; poderá estar disponível já na semana …