Plano de Logística Sustentável do TRT-22 prevê ações de sustentabilidade, acessibilidade e inclusão

O Tribunal Regional do Trabalho da 22ª Região (TRT-22), por meio da Secretaria de Governança e Estratégia (SGE), divulgou o Plano de Logística Sustentável (PLS). O PLS prevê ações de sustentabilidade, acessibilidade e inclusão para serem executadas no âmbito da Justiça do Trabalho piauiense.

“O plano contém ações em diversas áreas. Desde campanha de consumo consciente de papel e copos descartáveis, a iniciativas que englobam a qualidade de vida. São práticas que envolvem diversos setores do Tribunal”, explicou José Anchieta de Araújo Marques, Secretário da SGE.

No eixo Acessibilidade, o PLS prevê a gestão da acessibilidade e inclusão, a acessibilidade em serviços por meio da capacitação e melhorias na acessibilidade comunicacional, tecnológica e arquitetônica.

O PLS do TRT-22 foi aprovado por meio do Ato GP N° 56/2022 e está em consonância com as Resoluções do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) nº 400/2021 e nº 401/2021, que dispõem sobre a política de sustentabilidade no âmbito do Poder Judiciário e sobre o desenvolvimento de diretrizes de acessibilidade e inclusão de pessoas com deficiência.

“O PLS é uma ferramenta importante para que o TRT-22 crie iniciativas nas áreas de sustentabilidade e acessibilidade. A ideia é que tenhamos resultados de melhorias nessas áreas em curto e longo prazos”, finalizou a desembargadora-presidente do TRT-22, Liana Ferraz de Carvalho.

Imagem: Ascom TRT-22 

Divulgação 

Confira o Plano de Ação do PLS 2021-2022 do TRT-22

Fonte: TRT 22

Veja Também

OAB-PI inaugura sala da advocacia no TJ-PI: “Espaço cedido em abril que traz conforto e modernidade

A diretoria da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Seccional Piauí, inaugurou a nova sala …