http://bit.ly/aFORÇAdoEMPREENDEDOR

Outubro Rosa tem avaliação positiva no Piauí

Todos os anos acontece durante o mês de outubro a campanha de controle do câncer de mama, intitulada Outubro Rosa. Para saber a realidade da doença e a eficácia da campanha no estado, O Portal Revista Direito Hoje conversou com o mastologista Luiz Ayrton Santos, presidente da Fundação Maria Carvalho Santos, que lidera a campanha Outubro Rosa no Piauí.

Direito Hoje – Qual a avaliação que o senhor faz da campanha Outubro Rosa até o momento?

Luiz Ayrton Santos – Muito positiva. Se antes o movimento era restrito a um grupo de pessoas, agora ele atingiu uma enorme dimensão. Se temos mais casos de câncer, temos também mais pessoas curadas. O Outubro Rosa é um movimento de sucesso que a partir dele nasceram o Janeiro Branco, Setembro Amarelo, Novembro Azul, etc. Gracas ao Outubro Rosa, novas leis vieram somar ao controle da doença: lei da mamografia, lei dos 60 dias, lei da reconstrução mamária e por ai vai. É tudo fruto do trabalho que ONGs como a Fundação Maria Carvalho Santos vem realizando nos últimos anos.

DH – Os números de casos de câncer de mama no Piauí preocupam?

LAS – Sim. Hoje são esperadas 630 mulheres com a doença e até agora já são 482 mulheres, somente esse ano, com câncer de mama no estado.

DH – A prevenção continua sendo a melhor saída?

LAS – Sempre. Tanto a prevenção secundária, que seria o diagnóstico precoce através de exames precisos, como a prevenção primária, que seria cuidar do meio ambiente combatendo os tóxicos que nos expõe a riscos, são muito importantes no combate à doença. Além disso, a Fundação Maria Carvalho Santos lançou um livro, intitulado “Direitos para as Mulheres com Câncer de Mama”, que possui distribuição gratuita e nos traz muitas novidades sobre o tema. O conhecimento será sempre nossa principal defesa este mal.

Veja Também

Morte de familiar pode ficar mais caro para os herdeiros

Quando se fala de herança, imediatamente pensamos no trabalho de uma vida toda que é …