Ministros do STF são aprovados por 24% e rejeitados por 33%, diz Datafolha

O instituto Datafolha divulgou uma pesquisa nesta segunda-feira (12) que mostrou que 24% dos entrevistados aprovam a atuação dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), enquanto 33% reprovam o desempenho deles. Outros 36% consideram regular.

Foram entrevistadas 2.074 pessoas nos dias 7 e 8 de julho, em 146 cidades do Brasil. Todos os entrevistados tinham mais de 16 anos. A margem de erro da pesquisa é de dois pontos percentuais para mais ou para menos, e o nível de confiança é de 95%.

Veja os resultados:

  • Ótimo/bom: 24%
  • Ruim/péssimo: 33%
  • Regular: 36%
  • Não sabe: 7%

No último levantamento, realizado em agosto de 2020, 27% dos entrevistados via a atuação dos ministros como ótima ou boa, enquanto 29% classificou como ruim ou péssima. Outros 38% avaliaram como regular e 6% não sabiam opinar.

Apesar do crescimento da reprovação dos ministros entre as duas pesquisas, o instituto reforçou que a diferença está dentro do limite máximo da margem de erro entre os levantamentos. A variação de aprovação também está dentro da oscilação entre as sondagens.

No entanto, ao olhar o levantamento de maio de 2020, quando 30% dos entrevistados responderam ótimo ou bom para a pesquisa, é possível ver uma tendência de queda na aprovação dos ministros. Naquela pesquisa, a rejeição era de 26% e 40% consideravam regular.

Em dezembro de 2019, o Datafolha mostrou que a aprovação era de apenas 19% e a rejeição chegava a 39%, quase a mesma proporção de entrevistados que avaliaram o desempenho dos ministros como regular, que foi de 38%.

Yahoo

 

Veja Também

Governadores pedem encontro com Toffoli para debater fim do ICMS diferenciado em energia

BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) – Os governadores têm solicitado um encontro com o ministro Dias Toffoli …