OAB Piauí solicita à Caixa e ao BB canais de atendimento exclusivos para a Advocacia

Em prol da advocacia e da sociedade piauiense, a OAB Piauí, por meio da Comissão de Defesa e Valorização dos Honorários, enviou ofícios à Caixa Econômica Federal e ao Banco do Brasil, solicitando a disponibilização de canais de atendimento exclusivos para a advocacia. Os pedidos levam em consideração o atual cenário frente à pandemia do novo coronavírus.

A atual realidade vivenciada por muitos brasileiros e diante da desaceleração econômica, o Governo Federal adotou medidas para a disponibilização de empréstimos subsidiados a pessoas físicas e jurídicas. A Caixa e o BB também já divulgaram medidas para a renegociação de empréstimos e a postergação do pagamento de obrigações.

De acordo com o Presidente da OAB Piauí, Celso Barros Coelho Neto, os pleitos da entidade se fez necessário em virtude de relatos dos advogados e advogadas sobre a dificuldade de contato com as agências bancárias para tratar de renegociação e acesso às novas linhas de crédito.

“Tivemos relatos por parte da advocacia sobre a extrema dificuldade de contato com a Caixa e Banco do Brasil para efetivar tais necessidades. Por isso, estamos requerendo que as agências disponibilizem canais de atendimento exclusivo para os advogados e advogadas e que eles possam ter acesso, de forma efetiva, aos serviços ofertados pelas agências bancárias”, ressaltou o Presidente, Celso Barros Neto.

O Presidente da Comissão, Carlos Yuri de Morais, reforçou que “os ofícios da OAB Piauí também requereram a ampliação dos canais de atendimento à população para que todos possam renegociar suas dívidas e ter acesso às linhas de crédito diferenciadas disponibilizadas pela União”, disse.

OAB/PI

Veja Também

Fiscais do Procon autuam três estabelecimentos por aumento de preço de máscaras e álcool em gel

Uma equipe do Programa de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon) realizou fiscalização em três …