terça-feira , janeiro 26 2021

Projeto “Mulheres de Visão” capacitará 40 mulheres cegas para mercado de trabalho

O Presidente da Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Piauí, Celso Barros Coelho Neto, recebeu a visita dos representantes da ComRádio para debater sobre o projeto “Mulheres de Visão”, que será lançado no dia 05 de agosto, na Sede da OAB Piauí. A iniciativa conta também com o apoio da Comissão de Direitos da Pessoa com Deficiência (CDPD) e da Comissão da Mulher Advogada (CMA) da OAB Piauí e da ESA Piauí.

De acordo com o Presidente do Instituto ComRádio, Iraildo Lima, o Projeto capacitará 40 mulheres cegas para transformá-las em empreendedoras, dessa maneira, poderão aplicar as técnicas na prática, criando negócios em prol da acessibilidade e atender as demandas do mercado.

A OAB Piauí também indicará representantes para integrar o Comitê Gestor do Projeto que direcionará os rumos dação, juntamente com os representantes de demais instituições e entidades parceiras.

O Presidente da Seccional, Celso Barros Coelho Neto, parabenizou o Projeto e destacou a importância do engajamento das instituições e entidades que lutam pela causa da defesa dos direitos das pessoas com deficiência.

“A OAB, como instituição que zela pela defesa da cidadania, integra esse projeto com o intuito de somar forças em prol das pessoas com deficiência. Temos Comissões atuantes que trabalham diariamente para promover a efetividade desses direitos. Por isso, a OAB Piauí se coloca à disposição para abraçar essa causa e levar mais cidadania e dignidade para as pessoas com deficiência, capacitando-as para o mercado de trabalho”, ressaltou o Presidente.

O Presidente da Comissão Direitos da Pessoa com Deficiência, Joaquim Santana Neto, também frisou o valor do projeto para a sociedade. “Nossa intenção é chegar até essas pessoas com deficiência visual e inseri-las na comunidade e no mercado de trabalho de forma capacitada. As Comissões Temáticas da OAB Piauí estará sempre à disposição para auxiliar na construção e efetivação de um projeto tão relevante para a defesa dos direitos das pessoas com deficiência”, disse.

OAB

Veja Também

Governo do Piauí aprova protocolo para retorno das aulas presenciais

Segundo o decreto, é obrigatória a apresentação do Plano de Segurança Sanitária e Contenção da …