Moradores de condomínios fechados têm mais conforto durante a quarentena

A quarentena decretada pelo Governo do Estado por conta da Covid-19 deixou a população em casa para evitar a contaminação. A relação das pessoas com seus lares mudou, já que as idas ao trabalho e passeios não são mais permitidos e os dias devem ser passados inteiramente dentro de casa.

Além da privacidade, os moradores de condomínios de casas aproveitam ambientes mais arejados, pois são abertos à rua, ideais para que o novo coronavírus não se prolifere. Ou seja, mesmo em uma época de medo, a sensação de liberdade continua.

O empresário cearense Custódio Gomes, que há duas décadas investe na área de urbanismo e construção civil, apostou no conforto térmico em seu último empreendimento em Teresina. “Procuramos reproduzir o clima da cidade de Petrópolis. Temos uma natureza exuberante e a construção foi feita no alto. Dessa forma conseguimos diminuir a sensação térmica em até 5 graus, o que é muito importante para uma cidade quente como Teresina”.

Moradores de condomínios fechados, principalmente de casas, desfrutam de segurança maior nos seus lares. Com portaria 24 horas, câmeras, acionamento automático das luzes e controle de visitantes, os condôminos conseguem diminuir os riscos de uma invasão e podem ficar em quarentena com uma preocupação menor.

“Em um momento como esse, a última coisa que as pessoas querem é mais preocupação. É importante estar em seus lares com a família sem estar o tempo inteiro vigilante com a segurança”, afirma Custódio.

A psicóloga Simone Galvão concorda que a quarentena é um momento para deixar outros estresses de lado. “As pessoas que moram próximas a natureza têm uma sensação de relaxamento e bem-estar maiores. Elas aumentam a consciência corporal e criam uma ligação maior com os outros seres e com o meio. Quem pode viver com mais tranquilidade, vai conseguir manter a mente mais equilibrada e a saúde mental em dia. Morar perto da natureza, em ambientes arejados e seguros contribuem para uma saúde mental em dia”, explica.

Quem investe em um local como esse, quando a quarentena passar, pode usufruir, pelo resto da vida, de espaços de lazer, salão de festas, jogos e diversas opções de entretenimento para aproveitar com família e amigos, sem as privações do isolamento social.

Ascom

Veja Também

Rio e Salvador retomam vacinação de idosos nesta quinta-feira (25)

Ambas as capitais haviam cancelado a aplicação da 1ª dose em idosos devido à falta …