quarta-feira , outubro 21 2020

Inaugurado mais um centro de conciliação em Teresina

Os CEJUSCs atendem casos em fase pré-processual, ou seja, que ainda não tenham virado oficialmente processo na Justiça comum. Outros quatro CEJUSCs instalados em Teresina reforçam a política de desjudicialização do Judiciário. Eles funcionam no Fórum Central, no CENAJUS (Centro de Teresina) e nas faculdades UNINovafapi e Facid (unidade Pedra Mole).

Os CEJUSCs são órgãos do Poder Judiciário responsáveis pela realização de sessões e audiências de conciliação e mediação nas áreas cível, fazendária, previdenciária, de família ou dos juizados especiais cíveis e criminais. Os centros proporcionam um ambiente neutro, no qual os interessados em solucionar um determinado conflito têm a chance de conversar, negociar e chegar a um acordo satisfatório, com o auxílio de um “conciliador”, isto é, de um terceiro imparcial e capacitado em métodos consensuais de solução de conflitos.

O mais novo centro vai funcionar situado na Faculdade Cesvale, shopinng riverside.

O Presidente do TJ-PI, Erivan Lopes, esteve presente na inauguração e destacou a importância destas ações que visam a solução de conflitos. “O Judiciário brasileiro sozinho não consegue resolver todas as demandas que chegam, isto já está provado. Logo, parcerias com a iniciativa privada que visam evitar que mais processos cheguem ao judiciário são fundamentais. Entendemos isso nesta gestão e temos trabalhado com este propósito”, pontuou o Presidente Erivan Lopes.

Fonte: Ascom

Veja Também

Proposta determina que o poder público pague o sepultamento de vítimas do coronavírus

O Projeto de Lei 1662/20 determina que o manejo do cadáver e o sepultamento ou …