quinta-feira , agosto 13 2020

OAB Piauí participa de Cerimônia de Posse dos novos auditores do Tribunal de Justiça Desportiva do Piauí

Na tarde desta segunda-feira (13), novos auditores e procuradores tomaram posse no Tribunal de Justiça Desportiva do Piauí (TJD-PI) para o quadriênio 2020/2024. A Sessão Administrativa e Cerimônia de Posse aconteceram no Plenário Virtual do TJD-PI e contou com a participação do Presidente da OAB Piauí, Celso Barros Coelho Neto.

O TJD-PI é composto por nove membros, apontados por órgãos com direito a indicação. Entre eles estão os advogados indicados pela OAB Piauí, Carlito de Sousa Lima e Franklin Lúcio Dantas, que assumiram como novos Auditores do TJD-PI. Como Procuradores, o advogados João Evangelista Sena Júnior e Jorge José Cury Neto também tomaram posse.

O Presidente da OAB Piauí, Celso Barros Coelho Neto, participou da solenidade e falou sobre as indicações. “Seus integrantes são pessoas hábeis. É uma satisfação representar a OAB com dois auditores, enfatizando nossa responsabilidade e compromisso com a Justiça Desportiva”, declarou.

O advogado e Presidente do Tribunal, Marcos Pio, comemora a participação da Seccional no TJD-PI. “Foi uma honra ter o Presidente da OAB Piauí participando da Sessão. Essa gestão vem dando todo o apoio para que os trabalhos possam ser executados”, declarou.

Os nomeados foram:

OAB: Carlito de Sousa Lima e Frank Lúcio Dantas Noronha.
FEDERAÇÃO DE FUTEBOL DO PIAUÍ (FFP): Antônio Lucimar dos Santos Filho e Júlio César de Carvalho Lima Filho.
CLUBES: Marcelo Leonardo Barros Pio e Thiago Prado Mourão.
SINDICATO DOS ATLETAS PROFISSIONAIS DE FUTEBOL DO ESTADO DO PIAUÍ: Antônio Araújo Martins Neto e Sérgio Luiz de Melo Campos.
SINDICATO DOS ÁRBITROS DE FUTEBOL PROFISSIONAL DO PIAUÍ: Felipe Roney de Carvalho Alencar.

A nova composição do TJD-PI visa a atender a Resolução 001 do STJD, que determina a necessidade de regularizar o período dos mandatos dos auditores da Justiça Desportiva, a fim de que estes possam coincidir de forma única em todo o território nacional.

 

Ascom OAB/PI

Veja Também

STF aprova orçamento de R$ 25,7 mi a mais, sem reajuste a ministros

De acordo com o STF, a proposta não inclui reajuste salarial para os ministros da …