OAB Piauí define regras do Debate Eleitoral com assessores jurídicos dos candidatos a Prefeito de Teresina

Com o intuito de definir as regras do Debate Eleitoral, que será realizado pela OAB Piauí no dia 20 de outubro, às 16 horas, os dirigentes da Seccional estiveram reunidos com os assessores jurídicos dos candidatos ao cargo de Prefeito Municipal de Teresina. A reunião aconteceu na Sala do Conselho Pleno, obedecendo às regras de segurança impostas pelos decretos Estaduais e Municipais, além das recomendações da Organização Mundial de Saúde (OMS).

Conduzindo os trabalhos, a Vice-Presidente da OAB Piauí, Alynne Patrício, ressaltou a relevância da iniciativa e a participação da OAB nos demais debates para garantir a lisura do pleito eleitoral. “A OAB Piauí está à disposição para promover toda a e qualquer discussão no tocante ao pleito eleitoral, não só para a Advocacia, mas também para a sociedade. Inauguramos recentemente o Disk Eleição, que é um trabalho direto com a população, no qual qualquer cidadão pode entrar em contato para fazer denúncias e tirar demais dúvidas. Sobre o Debate, o nosso intuito é oportunizar um fórum de discussão para que os eleitores tenham acesso às propostas dos candidatos”, ressaltou.

Segundo o Presidente da Comissão de Direito Eleitoral da OAB Piauí (CDE), Emmanuel Fonseca, “trazer o debate para dentro do sistema OAB é promover uma responsabilidade a mais para o pleito eleitoral. Essa reunião com os assessores jurídicos dos candidatos é de extrema importância para que possamos, em conjunto, debater sobre as regras e garantir a efetividade e lisura do nosso debate”, reforçou.

A Coordenadora do debate e membro da CDE, Angélica Coelho, explicou a parte técnica do debate, com as regras e definições. “O debate será composto será composto por 05 blocos, que será conduzido por um mediador e que terá suporte jurídico dos membros da Comissão de Direito Eleitoral da OAB Piauí. Estão confirmados Mário Rogério (Cidadania), Fabio Novo (PT), Lucineide Barros (PSOL), Kleber Montezuma (PSDB), Major Diego Melo (Patriota), Fábio Sérvio (PROS), Fábio Abreu (PL), Simone Pereira (PSD), Dr. Pessoa (MDB) e Gessy Fonseca (PSC)”, pontuou.

Devido aos cuidados sanitários do COVID 19, cada candidato(a) poderá estar acompanhado por até 03 (três) assessores(as) a sua escolha e deverá retirar as credenciais até 24h antes do debate na Sede da OAB.

No primeiro bloco, os candidatos farão suas apresentações com o tempo de 1 min cada, totalizando 10 minutos. Em seguida, o Presidente da OAB Piauí, Celso Barros Coelho Neto, fará uma pergunta sobre o tema Cidadania e cada candidato terá o tempo limite de 2 min para a resposta, seguindo a ordem já estabelecida por sorteio com os respectivos assessores jurídicos.

No segundo bloco, o mediador fará perguntas aos candidatos sobre temas diversos com base nos Direitos Humanos. Já no terceiro bloco, os jornalistas de comunicação, devidamente credenciados, farão perguntas aos candidatos, mediante sorteio, e cada candidato terá 5 minutos para a resposta.

No quarto bloco, será em formato candidato pergunta para candidato. Com temas relacionados aos Direito Humanos, os candidatos terão 1 minuto para cada pergunta, 1min30 para resposta, 1 min para réplica e 45’ para tréplica. No quinto e último, os candidatos terão 2 min para fazeres as considerações finais. O encerramento será realizado pelo Presidente da CDE, Emmanuel Fonseca.

O debate será presencial com transmissão ao vivo nas redes oficiais da OAB Piauí no Youtube e Facebook.

 

Ascom OAB/PI

Veja Também

Moraes pede que PGR se manifeste após Bolsonaro desistir de depor

Ministro do STF também determinou a prorrogação por mais 60 dias do inquérito que apura acusação …