Ministro Mauro Campbell diz ser “inconcebível” número de cursos de Direito no país

No 2º dia do VI Fórum Jurídico de Lisboa, o ministro do STJ Mauro Campbell abordou sensíveis temas como os desafios do país na seara do ensino jurídico e a fixação de critérios para atuação de advogados nas Cortes Superiores. Para o ministro, “é inconcebível” o número atual de cursos de graduação e pós-graduação em Direito.

“Urge que critérios sejam impostos, que ocorra um maior rigor na seleção dos candidatos, na formação desses cursos, na grade curricular desses cursos, enfim…”, revelou.

Para o ministro, “é inconcebível termos mais 1240 cursos de graduação, e 4 mil de pós graduação na área em todo país. Não estou desqualificando os cursos, a minha analise é de coerência, com a pesquisa, com os estudos levantados. Há um exagero”, informou.

Com informações da TV Migalhas.

Veja Também

TRT-15 concede horas in itinere a trabalhadores rurais

Magistrados consideraram que o tempo despendido pelos empregados, em condução fornecida pelo empregador, até local …