quinta-feira , setembro 24 2020

Diretor do HGV suspende consultas, estágios e restringe visitas a pacientes

Diante da pandemia do novo Coronavírus (Covid-19), o diretor-geral do Hospital Getúlio Vargas (HGV), Gilberto Albuquerque, publicou circular tomando medidas preventivas a serem adotadas na unidade. Estão suspensas as consultas no Ambulatório Integrado Dirceu Mendes Arcoverde, os estágios curriculares e as visitas para pacientes serão restritas e com alguns critérios.

Segundo o Memo Circular nº 2/2020, do dia 16 de março, as medidas serão colocadas em prática com as seguintes recomendações: restringir o número de visitantes aos pacientes durante o período de circulação dos agentes causadores de síndromes gripais, como o novo Coronavírus (Covid-19).

As recomendações incluem, os pacientes com acompanhante terão a visita suspensa; aos pacientes sem acompanhante será permitido um visitante por dia, evitando-se a entrada de pessoas com sintomas gripais. Também foi recomendada a suspensão dos estágios curriculares, exceto os Internatos de Medicina, Estágios Extracurriculares da Sesapi, Programa de Voluntários, Residências Médicas e Multiprofissionais. Também estão suspensas as atividades coletivas no auditório.

Segundo o memo circular, também estão suspensas as consultas ambulatoriais, exceto as de retorno pós-operatório e as atividades educativas sobre higiene de mãos e etiqueta respiratória serão intensificadas. O objetivo de tais medidas, segundo o diretor geral, é prevenir a transmissão do vírus e fazer com que servidores, pacientes e visitantes do hospital adotem algumas medidas comportamentais. “Essas recomendações são fundamentais, tendo em vista que os hospitais são ambientes fechados, com grande número de pessoas e com realização de assistência coletiva”, explica Gilberto Albuquerque.

Ascom

Veja Também

Casos da covid-19 no Brasil caem 30%, diz Ministério da Saúde

Evolução semanal das mortes causadas pela doença recuou pela quarta semana consecutiva, para 5.007 óbitos …