sexta-feira , dezembro 4 2020
Escultura A Justiça obra de Alfredo Ceschiatti de 1961 diante do STF Supremo Tribunal Federal - sede do Poder Judiciário Local: Brasília DF Brasil Data: 201609 Código: 01ADR039 Autor: Adriano Kirihara

AO VIVO: STF julga se Bolsonaro poderá depor por escrito

No mês passado, Celso de Mello negou a Bolsonaro a possibilidade de depor presencialmente, sob o argumento de que o benefício não se estende a investigados ou réus em ações.

Os ministros do STF vão decidir na sessão desta quinta-feira, 8, se acolhem ou rejeitam agravo regimental do presidente da República, Jair Bolsonaro, contra a decisão do ministro Celso de Mello que determinou o depoimento presencial do presidente nos autos de inquérito que apura suposta interferência de Bolsonaro na PF.

No mês passado, o ministro Celso de Mello negou ao presidente a possibilidade de prestar depoimento por escrito, considerando que o benefício aos chefes dos três Poderes aplica-se, somente, aos casos em que figurem como testemunhas ou vítimas, não como investigados ou réus.

Por: Redação do Migalhas

Veja Também

Toffoli manda PF ouvir ministro por fala sobre homossexuais

STF apura possível crime de homofobia em entrevista na que Milton Ribeiro relaciona homossexualidade a …