quarta-feira , setembro 23 2020

Uespi firma parceria com projeto que ajudará no diagnóstico do câncer de pele

O reitor em exercício da Universidade Estadual do Piauí (Uespi), Evandro Alberto, recebeu o Físico e Professor visitante da Universidade Federal do Piauí (UFPI), Airton Martins, para discutirem sobre o projeto de Nanobiofotônica, que levará serviços à comunidade com o tratamentos de cicatrização de feridas e diagnóstico de câncer de pele.

A reunião, que contou com a presença da pró-reitora Adjunta de Planejamento e Finanças, Joseane Leão, e o diretor de Pesquisa da Pós-graduação da Uespi, Pedro Pio, dá início ao projeto de Nanobiofotônica, que prevê investimentos em equipamentos e um sistema para serem utilizados em uma unidade móvel.

“A proposta é trazer para o Piauí um instituto de Nanobiofotônica, sendo que uma das vertentes deste centro é prestar assistência à comunidade, no ponto de vista de tratamento na utilização do laser para tratar cicatrização de feridas e também para o diagnóstico de câncer”, explica o pesquisador Airton Martins. “Uma unidade móvel percorrerá comunidades carentes fazendo o tratamento de lesões e cicatrizações de feridas, além de realizar um levantamento do diagnóstico do câncer de pele”, acrescentou.

O reitor em exercício, Evandro Alberto destaca que o projeto é de fundamental importância para formação dos discentes da instituição. A Uespi possui um laboratório de Biofotônica e Termografia Clínica para tratamento de lesões no Centro de Ciências da Saúde (CCS).

Fonte: Ascom

Veja Também

Estudo comprova que coronavírus é capaz de invadir cérebro

Pesquisa é realizada pela UFRJ, Fiocruz e Instituto D´or; no cérebro, vírus pode causar infecção …