TJ/BA autoriza volta gradativa das atividades remuneradas dos conciliadores

Retorno da atividade dos conciliadores se dará conforme a disponibilidade financeira do Poder Judiciário.

O Poder Judiciário da Bahia autorizou, por meio do decreto judiciário 318/20, o retorno gradativo das atividades desenvolvidas pelos conciliadores.

Assinado pelo desembargador presidente Lourival Trindade, o documento estabelece que a volta das atividades deve ocorrer de acordo com definição da COJE – Coordenação do Sistema Estadual dos Juizados Especiais.

“A Coordenadora da COJE, Juíza Fabiana Pellegrino, enfatizou que o retorno da atividade dos conciliadores se dará conforme a disponibilidade financeira do Poder Judiciário do Estado da Bahia, seguindo critérios objetivos de demanda e remuneração”.

Veja a íntegra do decreto.

Informações: TJ/BA.

Veja Também

Decreto que considera atividades religiosas essenciais entra em vigor

Governo reforça que templos devem seguir medidas sanitárias como ocupação limitada, distanciamento social e uso …