segunda-feira , setembro 28 2020

Produtos do Piauí serão destaque em Salão Internacional de Gastronomia e Hotelaria

Produtos do Piauí estarão no Salão Internacional de Gastronomia e Hotelaria, Sirha 2018. O evento, que tem destaque no cenário mundial e está em sua terceira edição em território brasileiro, acontece em São Paulo.

Cajuína, castanha de caju, azeite de coco babaçu tradicional e apimentado, e óleo extravirgem de coco babaçu são os produtos piauienses que serão apresentados no evento, em espaço viabilizado pelo Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas, Sebrae no Piauí.

“O Sirha tem como um dos organizadores o Sebrae, que disponibilizou um espaço para pequenos negócios do agronegócio brasileiro, no qual os visitantes terão a oportunidade de conhecer produtos exclusivos de diferentes regiões do país. Para nós é uma grata satisfação ter três empresas, atendidas pelo Sebrae no Piauí, participando do evento”, afirma a gerente da Unidade de Estadual de Atendimento Coletivo Agronegócios do Sebrae no Piauí, Geórgia Pádua.

A empresa Brasucos apresentará a cajuína, uma bebida tipicamente piauiense, que tem Indicação Geográfica de Procedência. A Central de Cooperativas de Cajucultores do Estado do Piauí, Cocajupi, levará a castanha de caju, que possui certificação Fair Trade. Já a Babcoall Inc. do Brasil destacará seus produtos extraídos do coco babaçu.

Para Antônio Valdenor, fabricante da Cajuína Brasucos, a Sirha é uma oportunidade não apenas de fortalecer sua marca, mas de colocar a cajuína do Piauí como componente de referência da cultura gastronômica brasileira. “A participação em eventos dessa natureza é fundamental para divulgar a nossa cajuína, que além da Indicação Geográfica de Procedência, é reconhecida pelo Iphan como patrimônio cultural brasileiro. Na medida em que inserimos esse produto em novos mercados, contribuímos também para o desenvolvimento do Estado”, comenta.

Segundo Geórgia Pádua, o Sirha promete bons negócios para as empresas piauienses. “O mercado alvo da Babcoall, por exemplo, é o da alta gastronomia, e São Paulo é considerada a capital gastronômica da América do Sul. Os produtos a base de coco babaçu tem um alto valor agregado, sendo voltados para o mercado fitness, funcional e gourmet. São produtos de qualidade, com tecnologia agregada à rusticidade artesanal, que com certeza farão sucesso no espaço Terroir Sebrae”, informa.

O Sirha São Paulo reunirá os mais famosos chefs de cozinha do mundo, fabricantes de equipamentos, profissionais dos setores de restaurante, hotelaria e imprensa internacional especializada, sendo uma excelente oportunidade para divulgar produtos e fazer negócios. No Terroir Sebrae estarão 63 produtores rurais, de várias regiões do país. O espaço, que ganhou destaque nas últimas edições do Sirha, foi apresentado também em edição internacional do salão, que aconteceu em 2017 em Lyon, na França.

Fonte: Ascom Sebrae

Veja Também

Banco Popular adota medidas de apoio aos microempreendedores frente à pandemia

O Banco Popular de Teresina (BP) está adotando medidas de apoio aos pequenos empreendedores que …