Saiba o que é e como ser perito judicial

O desemprego é uma realidade que afeta todas as profissões. Segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o Brasil tem 12 milhões de pessoas desocupadas. Diante desta realidade, ficar atento às oportunidades é essencial para conquistar uma recolocação. Para os profissionais de Administração, uma dica é a área de Perícia Judicial.

Apesar de pouco divulgada na área da administração, existe uma demanda por administradores para atuação juntos aos tribunais em todo o país.

“O mercado de trabalho, no campo da perícia judicial, está sempre em alta porque existe uma demanda reprimida no judiciário muito grande. Muitas das vezes, a ausência de profissionais capacitados e habilitados fazem com que o judiciário nomeie peritos que não têm formação em determinada área para atuar”, explica o Perito judicial, assistente técnico e membro da Comissão de Perícia do Conselho Regional de Administração do Amazonas (CRA-AM), Tecnól. Everaldo Batista.

Para ser perito, é preciso ter formação superior e o tempo mínimo de experiência exigido pelos tribunais, que costuma ser de dois a três anos. Everaldo, que é instrutor do curso de prática para perícia judicial do CRA-AM, alerta para a importância da capacitação na busca da colocação como perito judicial.

“Precisamos de mais administradores e tecnólogos capacitados para atuarem como peritos. Lembrando que eles podem atuar tanto como peritos judiciais como assistentes técnicos”, ressalta.

O profissional de Administração, ao atuar como perito judicial, será chamado pela Justiça para dar pareceres técnicos em processos judiciais, nos quais podem estar envolvidos pessoas físicas, jurídicas e órgãos públicos. Ele tem a responsabili­dade de emitir laudos, exames, vistorias e avaliações técnicas de procedimentos como cartão de ponto, recibo de pagamento, re­gistro de empregados, aferição de impostos, contratos de financiamento, empréstimo, aluguel, leasing e todos os assuntos que ca­racterizam procedimentos administrativos.

Descontos em curso de perito

Por meio do Clube de Vantagens dos Profissionais de Administração do CFA, os profissionais de administração registrados e adimplentes, além dos colaboradores e dependentes do Sistema CFA/CRAs terão desconto de 15% nos cursos de Perícia Judicial presencial, Perícia Judicial Online e Perícia de Cálculos Financeiros e Trabalhistas.

Para saber mais, acesse aqui e saiba mais!

Foto: Ascom CFA 

Divulgação 

 

Ana Graciele Gonçalves

Fonte: Assessoria de Comunicação CFA

Veja Também

Safra:IBGE estima recorde de 261,5 milhões de toneladas em 2022

Alta decorre da expansão do algodão, trigo e milho Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística …