Operação mira empresários, advogados e magistrados de Goiás

Grupo teria se juntado para organizar um esquema criminoso que envolvia ações judiciais relacionadas a uma grande empresa em recuperação

A pedido do Superior Tribunal de Justiça (STJ), a Polícia Federal deflagrou na manhã desta terça-feira (30), no estado de Goiás, uma série de diligências externas de uma ampla investigação que busca apurar a prática de crimes que teriam sido cometidos por magistrados, advogados, empresários e servidores públicos em ações na Justiça de uma grande empresa em recuperação judicial.

Segundo as investigações, que estão em segredo de Justiça, decisões dos magistrados podem ter sido objeto de negociação criminosa.

Nesta etapa, estão sendo cumpridos 17 mandados de busca e apreensão em endereços, públicos e privados com o objetivo de coletar mais provas para as investigações.

R7

Veja Também

Fux restabelece importação de camarão da Argentina

Fux considerou critérios técnicos que apontam que a importação não representa riscos à saúde humana …