sexta-feira , novembro 27 2020

OAB confirma XXXI Exame de Ordem para 6 de dezembro

Ordem também publicou cartilha com orientações para prevenção à covid-19.

A Coordenação Nacional do Exame de Ordem Unificado publicou, nesta segunda-feira, 9, a aplicação do XXXI Exame de Ordem Unificado no dia 6 de dezembro. A Ordem também publicou cartilha com todas as orientações para a realização da prova.

A fim de reduzir os riscos de disseminação do coronavírus e assegurar o bem-estar dos examinandos e colaboradores que irão participar da aplicação da prova, a cartilha lista as medidas de prevenção que serão aplicadas nesta edição do Exame e também nas próximas avaliações organizadas pela Fundação Getulio Vargas.

Os examinandos serão orientados previamente pela FGV a usar apenas a própria caneta preta fabricada em material transparente para a assinatura dos instrumentos de aplicação. Eles podem entrar no local de aplicação portando os próprios frascos de álcool em gel, que não serão lacrados no envelope porta-objetos, a fim de que possam higienizar as mãos a qualquer momento.

Os examinandos também poderão usar face shield (estilo viseira), luvas descartáveis (transparentes ou semitransparentes), óculos de proteção transparentes e toalhas de papel para a higienização das mãos e objetos, independentemente da higienização a ser feita pela equipe da FGV.

Recomenda-se, ainda, que os examinandos levem água para o seu próprio consumo, em embalagem transparente, para evitar a utilização de bebedouros ou de qualquer outro dispositivo de fornecimento coletivo de água para beber.

No momento da identificação, a uma distância segura, os fiscais de aplicação vão solicitar que os examinandos retirem a máscara, pelo elástico, sem tocar na parte da frente. Após identificação, a máscara deve ser recolocada. Em seguida, os examinandos devem higienizar as mãos com álcool em gel e só depois terão a entrada liberada, um por vez, na sala de aplicação.

Por: Redação do Migalhas

Veja Também

Moraes pede que PGR se manifeste após Bolsonaro desistir de depor

Ministro do STF também determinou a prorrogação por mais 60 dias do inquérito que apura acusação …