quarta-feira , outubro 21 2020

O que as Startups podem ganhar com Marketing Digital?

Não existe nenhuma fórmula mágica de como começar uma startup. Inovação, cultura, processos rápidos, experimentação, ambiente informal e descontraído. Essas são apenas algumas características que pensamos quando associamos ao termo startup. É cada vez mais um modelo de negócio que vem se firmando no Brasil e no resto do mundo.

O caminho é árduo e exige muito esforço e dedicação e o marketing é essencial para o crescimento de qualquer empreendimento, uma vez que ajuda no lançamento, no posicionamento e no crescimento do negócio. No caso do marketing digital, ele é ainda mais importante por ser mais barato, mais efetivo e mais mensurável em relação ao modelo tradicional — ou seja, exatamente aquilo que toda startup precisa, visto que a internet mudou radicalmente a forma como as empresas podem encontrar e se comunicar com os clientes. Antes, elas eram obrigadas a gastar grandes verbas para fazer propaganda nos meios tradicionais, como TV, rádio, jornais, revistas, outdoors e panfletos, pois essas eram praticamente as únicas formas de alguém descobrir a oferta de um produto ou serviço.

Lá no primeiro trimestre de 2017, a Associação Brasileira de Startups (ABS) divulgou e detalhou uma lista de tendências para o ano que terminou. Temas como Inteligência Artificial, Internet das Coisas, Proteção Cibernética, Big Data, entre outros foram apontados. Um ano depois, a ACE, aceleradora de startups premiada no Brasil e América Latina, divulgou as tendências 2018, baseadas em uma mapeamento do ecossistema da aceleradora em 2017. Eles apostam nas tendências robótica no varejo; digital health and fitness; realidade aumentada; IoT – Internet das Coisas (Internet of Things); social media (além da mídia).

O marketing digital vem se consolidando em oferecer estratégias e planejamentos de comunicação direcionados para a obtenção de resultados efetivos.

Inovação já faz parte do DNA de uma startup e estabelecer uma visão global do todo não é tarefa de outro mundo para os integrantes deste modelo de negócio. Portanto, um ponto que precisa de atenção redobrada são os clientes. O marketing de conteúdo é uma ótima sacada para se posicionar, gerar engajamento e, por consequência, se transformar em uma autoridade para potencias clientes. Na prática, funciona de maneira bem simples: quando você cria um conteúdo relevante voltado para audiência, atrai novas oportunidades para o negócio, conquista mais clientes e dá passos concretos a fim de escalar uma startup.

Principais motivos que marketing digital chama tanto atenção das startups segundo Pâmela Ribeiro, Commercial Strategy Manager da empresa Comtele (www.comtele.com.br) é que ele possui algumas características como, ser segmentado, permitir atração gratuita, gerar audiência, ser mensurável, oportunidade aos empreendedores e é claro, tem excelente custo x benefício.

Sendo assim torna-se o caminho mais curto para obter mais leads e adquirir maior interatividade com aqueles clientes que realmente possuem potencial de compra. Isso acontece porque esse tipo de marketing torna a empresa disponível 24 horas para o cliente, além de possibilitar a construção de um relacionamento mais próximo, o que ajudará a impulsionar as vendas e transformar esse cliente em um divulgador da marca.

Fonte: Terra

Veja Também

Marketing jurídico, o que pode e não pode?

Dentro do mercado jurídico brasileiro, há uma noção muito disseminada de que advogados não podem …