segunda-feira , janeiro 18 2021

Entenda as diferenças entre projeto de lei, decreto, medida provisória e PEC

Projeto de lei, decreto e medida provisória têm em comum o fato de serem dispositivos por meio dos quais são feitas normas. No entanto, apresentam diferenças entre si, que vão desde a finalidade de cada um até o caminho que precisam percorrer para entrar em vigor.
Projeto de lei

  •  Criar leis ou alterar uma já existente

Decreto

  •  Detalhar (regulamentar) uma lei já existente

Medida Provisória

  •  Criar ou alterar leis, em caráter de urgência

A regulamentação, função que cabe ao decreto, significa especificar pontos que a lei tratou de forma genérica.

  • Exemplo: a lei antifumo, de 2011, estabeleceu a proibição de fumar em locais coletivos fechados. O decreto editado depois, em 2014, serviu para detalhar as circunstâncias da proibição, que vale também para ambientes fechados parcialmente por toldo.

Não pode ser editada medida provisória sobre os seguintes assuntos: direito penal ou processual, Orçamento da União; nacionalidade, cidadania, direitos políticos organização do Poder Judiciário; ou que vise o sequestro de bens, de poupança ou outro ativo financeiro.

G1

 

Veja Também

Governo Bolsonaro vai criar curso técnico em serviços jurídicos

Formação consta no Catálogo Nacional de Cursos Técnicos do MEC. No CNCT – Catálogo Nacional …