segunda-feira , outubro 19 2020

Encontro de Logosofia em Teresina traz palestra sobre como construir um mundo melhor a partir de si mesmo

Teresina sedia nesta sexta-feira (28) o Encontro de Logosofia, evento gratuito que reunirá intelectuais e profissionais para refletir sobre o atual cenário da sociedade, partindo do princípio humanista e pessoal de cada indivíduo. O evento acontecerá a partir das 19h30 no The Office Tower, localizado no bairro Jóquei, e terá como convidado especial o professor doutor Jorge Nagem, diretor da Fundação Logosófica do Brasil, sediada em Belo Horizonte (MG).
Na ocasião, o profissional ministrará a palestra “Construindo um mundo melhor a partir de si mesmo”, cujo objetivo é refletir acerca da situação do mundo, cada vez mais difícil e conturbado, que tem levado as pessoas à desesperança. Através do tema, a ciência da logosofia será apresentada como um elemento que apresenta caminhos para a mudança dos indivíduos.
Para o advogado e diretor da Fundação Logosófica de Teresina, Campelo Filho, diante do cenário de escolha dos governantes do país ao qual a sociedade se encontra, tal reflexão é de extrema importância. Ele ressalta que se a sociedade não vai bem, é consequência da instabilidade dos próprios cidadãos que formam o corpo social. Afinal, a sociedade é feita pelos indivíduos.
“Os problemas do mundo parecem se agravar e a inquietação do futuro só aumenta. Não se sabe mais o que acontecerá, o que é melhor, e a crença na e possibilidade real de mudança está cada vez menor. Nessa palestra, o professor vai apresentar essa realidade e tentar fazer com que as pessoas compreendam que o estado da sociedade nada mais é do que o reflexo do estado dos indivíduos que compõem essa sociedade. Ou seja, mudando-se indivíduos, muda a sociedade”, argumenta o diretor.
A ocasião é aberta ao público e iniciará a partir das 19h30. Os organizadores prometem muito aprendizado. “É uma palestra imprescindível para quem quer se conhecer melhor e busca por um mundo e uma vida melhor. Garanto ser uma experiência muito promissora”, afirma Campelo.
Fonte: Ascom

Veja Também

Ver vídeo acelerado de aula vira tendência entre alunos

Ansiedade, acúmulo de conteúdo e tédio fazem estudantes reproduzirem conteúdos em até metade do tempo …