Empresários caem no golpe da máquina de cartão de crédito

Dois homens suspeitos de aplicar golpes foram presos em flagrante ao negociar a venda de máquinas de cartão de crédito para os empresários. Eles chegaram a fechar venda, mas o produto nunca chegou aos compradores, que perceberam a armadilha do “golpe da maquineta” e acionaram a polícia. Até o momento, dois empresários foram vítimas em Teresina, com prejuízo de cerca de R$ 6 mil cada um.

Os suspeitos de aplicar o golpe como André Alisson de Sousa Lima Pimentel e Rafael Oliveira Carvalhedo. Eles foram presos no bairro Saci e são acusados de dar golpe até na antiga empresa que trabalhavam. “Eles vendiam as máquinas, mas o dinheiro não chegava à empresa, nem os equipamentos aos clientes”, informou um representante da polícia militar.

Os estelionatários vendiam as máquinas a juros menor que o normal, até sem nenhum juros para conseguir vender as maquinetas.  Os empresários demoraram a receber os produtos.

Os presos foram autuados por crime de estelionato.

Veja Também

Fiscais do Procon autuam três estabelecimentos por aumento de preço de máscaras e álcool em gel

Uma equipe do Programa de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon) realizou fiscalização em três …