quarta-feira , setembro 23 2020

Efetivação do direito previdenciário em juízo é primordial

O escritório Carla Berenice Advocacia Previdenciária, com sede em Teresina – PI, localizado na Rua Coelho de Resende, Bairro Centro, tem cinco anos de atuação no mercado em causas previdenciárias e demandas de matéria sindical.

O escritório procura atender os clientes da melhor forma possível, buscando alcançar seus objetivos com transparência, eficiência e atendimento individualizado. O maior exemplo de comprometimento com os clientes são as filiais abertas no interior do Estado, após a constatação de que moradores de municípios distantes procuravam, com frequência, a equipe para solucionar seus litígios, mas tinham dificuldades de deslocamento para a capital do estado.

Com esse propósito de excelência no atendimento, foram abertas filiais em São Raimundo Nonato – sul do estado, e em Barras, na região norte, onde são atendidos, periodicamente, com análise minuciosa dos casos concretos que são apresentados naquele momento. Outro ponto positivo da atuação é tranquilizar e informar os clientes que já estão com seus processos ajuizados acerca do andamento processual de suas causas.

Sempre no intuito de atrair e desenvolver os melhores talentos de modo a formar uma equipe capacitada, o escritório Carla Berenice conta com advogados e estagiários que possuem vasto conhecimento acerca dos trâmites processuais dos Juizados Especiais Federais, onde são ajuizadas a grande maioria dos processos da equipe, estando aptos a dar informações claras e precisas aos clientes, através de consulta processual presencial, por meio de telefone ou e-mail.

A advogada Carla Berenice é especialista em Direito Previdenciário, atuante em diversos municípios do Piauí e Maranhão. Segundo ela, “a advocacia previdenciária traduz, ao mesmo tempo, satisfação e responsabilidade para o profissional que atua nessa área, pois sabemos que direito à previdência social é um direito constitucional fundamental e a negação de tal direito em juízo pode conduzir a graves consequências humanas e sociais. Por isso, procuramos agir com dedicação e esmero nas causas que nos são confiadas, organizando a documentação do cliente, buscando todas as provas do seu histórico de trabalho e de contribuição vertidas para o sistema, de forma a auxiliar efetivamente na formação da convicção do juiz que irá julgar a lide”.

Sobre os desafios do advogado previdenciarista, nos próximos anos, a advogada informou que muito ainda tem que ser feito. “A efetivação do direito previdenciário em juízo é primordial, pois assistimos frequentemente aos direitos fundamentais sendo sacrificados ou relegados a segundo plano, quando alguns juízes preferem dar primazia para as consequências econômicas das suas decisões, mesmo que isso custe o aniquilamento dos direitos fundamentais sociais”, ressaltou.

“Além disso, temos uma Reforma Previdenciária em curso, prestes a ser aprovada, e que irá suprimir mais direitos da população. Por isso, nossa equipe busca estar preparada e atualizada para ajudar os segurados e garantir a toda a sociedade o acesso aos seus direitos suprimidos pela reforma”, disse ainda.

Veja Também

Direito à revisão de benefício previdenciário cujo mérito não foi apreciado na concessão decai em dez anos

Em julgamento realizado sob o rito dos recursos especiais repetitivos (Tema 975), a Primeira Seção …