Autorizado concurso para PRF e PF

Uma boa notícia para estudantes profissionais que desejam ingressar nesse mercado via concurso público.

A informação foi dada pelo novo Ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann. Ao todo, serão disponibilizadas 1.000 vagas nas duas corporações.

A autorização dos certames teve o aval do Ministério do Planejamento e configura como uma das primeiras ações da nova Pasta. Ainda segundo o ministro, não haverá contingência de gastos para a Segurança.

O objetivo dos concursos é reforçar o contingente nas regiões de fronteira e combate aos crimes de corrupção. A intenção é duplicar o efetivo de policiais federais nas fronteiras, chegando a 330 agentes. Quanto aos crimes de corrupção, a expectativa é de realocar 20 delegados. Portanto, a expectativa é de que a oferta contemple os cargos previstos na solicitação da PF.

O ministro reforçou sua preocupação com o contingente com 11 mil servidores aquém do ideal e reconhece que o quantitativo inicial, ainda, não é suficiente. Por isso, frisou a realização do certame mediante a confirmação do novo delegado geral da PF, Rogério Galloro, e acredita que as autorizações já são um bom começo, principalmente, por contemplar as duas corporações.

O quantitativo inicial das vagas pleiteadas pela Polícia Federal era de 600 oportunidades distribuídas entre as carreiras de delegado, perito e escrivão. Com o número autorizado, essa distribuição deverá ser revista.

Ainda não há previsão de datas para a liberação do edital, mas, ambos serão lançados, ainda, em 2018. Deverão ser contempladas as carreiras de agente, escrivão e delegado da PF, e, também, policial rodoviário federal. Todas as carreiras pedem graduação, sendo específica em alguns casos.

Fonte: Jus Brasil

Veja Também

Inscrições para Olimpíadas de Língua Portuguesa vão até 30 de abril

O concurso, em sua 7ª edição, é uma iniciativa do Itaú Social e do Ministério …