Arquidiocese de Teresina suspende procissões e vias sacras por 30 dias

A Arquidiocese de Teresina determinou a suspensão, pelo período de 30 dias, de todos os eventos com aglomerações como procissões, vias sacras, reuniões, assembleias, encontros, retiros e similares. A medida afeta atos religiosos tradicionais da Semana Santa na capital como a Procissão do Senhor Morto e o Teresina ressuscita com Cristo.

As missas, de acordo com as orientações, permanecem nos mesmos horários, mas a recomendação é que os fiéis assistam em casa, pela TV ou internet, sem ônus de consciência.

A Arquidiocese suspendeu ainda durante esse período, a comunhão sob as duas espécies, comungando apenas o Pão Consagrado.

Já a Sagrada Eucaristia deve ser recebida na mão e qualquer contato deve ser evitado, como o abraço da paz e na hora do Pai Nosso.

As Igrejas devem colocar álcool em gel à disposição dos fiéis na entrada. “Acompanhando atentos o desenvolvimento desta situação de pandemia, estas orientações poderão sofrer alterações, sempre visando o bem-estar do nosso povo. Colocando-nos em atitude de oração e penitência, atestamos, mais uma vez, por este fato, a fragilidade humana e confirmamos a nossa firme esperança no Senhor, cujo amor não decepciona, jamais! Confiamos à materna intercessão de Maria, saúde dos enfermos, a nossa Arquidiocese e toda a humanidade, certos de que ao batermos o coração de Deus não seremos decepcionados”, disse Dom Jacinto Furtado de Brito Sobrinho, que assina a recomendação da Arquidiocese.

Veja Também

Centro Universitário UniFacid promove cursos gratuitos de capacitação ao mercado de trabalho

Ao longo do mês de junho, serão ofertados diversas palestras e minicursos para quem deseja …