quinta-feira , outubro 22 2020

Altas temperaturas elevam as vendas de frutas na Nova Ceasa

As altas temperaturas registradas em Teresina refletem no aumento das vendas de frutas na Nova Ceasa, segundo relatório divulgado pela gerência de Mercado do entreposto. Laranja, melancia, maracujá, abacaxi e coco verde foram os produtos que ganharam destaque na comercialização do local nos meses de setembro e outubro.

Segundo o relatório de comercialização dos últimos dois meses, a venda de frutas nacionais cresceu 26% em comparação aos meses de julho e agosto e 7% em comparação ao mesmo período do ano passado. “O crescimento na venda de frutas nacionais, em especial àquelas que são ricas em água, foi apontado no relatório do bimestre e entendemos que o fato que motiva este crescimento está diretamente ligado ao calor excessivo, comum nesta época do ano, conhecido como B-R-O BRÓ”, afirma o gerente de mercado da Nova Ceasa, Marcos Massaranduba.

Vital Pereira Barbosa, que comercializa melancia no mercado da Nova Ceasa há 13 anos, afirma que este é o melhor período de vendas do ano. “Aumenta muito o consumo e, consequentemente, a venda de melancia. Neste período mais quente, para atender à demanda dos consumidores, eu chego a comprar uma quantidade superior de melancias, para que não falte o produto no mercado. O preço é acessível – R$ 0,90 o quilo, em média; sem contar que a fruta é refrescante, hidrata, doce e muito saborosa”, disse o permissionário.

Segundo Bernardo Pereira, que comercializa laranjas no mercado da central de abastecimento há 42 anos, desde a fundação do entreposto, a laranja chega a faltar. “Nos melhores dias de venda, geralmente na segunda, quinta e sábado, ao final de expediente, chega a faltar laranja. O consumo aumenta demais e o reflexo disso a gente sente nas vendas aqui”, disse o permissionário. “As pessoas transpiram mais devido ao calor e isso pode levar à desidratação, afetando o funcionamento do corpo e podendo deixar o organismo vulnerável a doenças”, acrescentou ele.

Josélia Silva, dona de uma creche na capital, afirma que vem comprando mais frutas nas últimas semanas. “A medida que o calor aumenta, precisamos hidratar ainda mais as crianças matriculadas em nossa unidade. Todos sofrem muito com o calor e cuidar da hidratação é fundamental. Aumenta o consumo de água e de frutas ricas em água. Optamos por lanches e sobremesas cada vez mais leves, como melancia e água de coco ou laranja, por exemplo”, garante Josélia.

A Nova Ceasa funciona das 4h às 13h, de segunda a sábado, e está localizada na avenida Henry Wall de Carvalho, número 5000, bairro Tabuleta, zona sul de Teresina. O mercado conta, atualmente, com aproximadamente 800 permissionários que comercializam em boxes e módulos ao longo dos dez galpões do entreposto.

Fonte: Ascom

Veja Também

Uso desenfreado de antibióticos na pandemia pode levar a ‘apagão’ contra bactérias resistentes

Mesmo sem eficácia ou necessidade comprovada para a covid-19, antibióticos foram amplamente usados contra o …