600 mil brasileiros não possuem registro de nascimento

A Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara dos Deputados discute estratégias para debater a erradicação do sub-registro no Brasil.

Sub-registro é o conjunto de nascidos não registrados no próprio ano ou até o primeiro trimestre do ano seguinte.
Segundo o IBGE, as principais causas de sub-registro são o fato de as mães esperarem o reconhecimento da paternidade de seus filhos e as distâncias e os custos de deslocamento até o cartório.

“Conforme dados do censo realizado em 2010, o Brasil tem quase 600 mil pessoas entre 0 e 10 anos sem registro civil de nascimento”, afirma o presidente da comissão, deputado Luiz Couto (PT-PB), que pediu a realização do debate.

“Os mais afetados pelo sub-registro são as minorias e grupos em condições de vulnerabilidade social: povos indígenas, comunidades quilombolas, povos ciganos, população em situação de rua, população em situação de privação de liberdade, trabalhadores rurais e grupos LGBTT”, afirma o parlamentar.

Fonte: Agência Câmara

Veja Também

Governo brasileiro vai usar vacina chinesa contra covid-19 no SUS

CoronaVac está em testes no Brasil desde julho; Ministério da Saúde fechou acordo com o …