STF tira sigilo e conversas de Moro com procuradores são divulgadas

Na semana passada, antes do sigilo ser determinado, parte das conversas já tinha vindo à tona, revelando que Moro orientou Dallagnol em processos sobre Lula.

Nesta segunda-feira, 1º, o ministro do STF Ricardo Lewandowski levantou o sigilo das conversas entre procuradores da operação Lava Jato e o ex-juiz Sergio Moro.

Os novos diálogos foram incluídos hoje no processo da operação Spoofing, que investiga a invasão de dispositivos eletrônicos de autoridades, a pedido da defesa do ex-presidente Lula. O conteúdo inédito, de 50 páginas, foi divulgado na íntegra pela jornalista Mônica Bergamo, da Folha de S.Paulo.

 

Na semana passada, antes do sigilo ser determinado, parte das conversas já tinha vindo à tona, revelando que Moro orientou Dallagnol em processos sobre Lula.

Em uma das mensagens, de 2016, Moro pergunta se a denúncia contra Lula seria “sólida” o suficiente. Em outro momento, orienta Deltan a validar as provas na PF. Na vexatória troca de conversas, Deltan diz ao juiz como conduzir o interrogatório de um réu.

  • Veja aqui as novas mensagens.

Relembre

Em dezembro do ano passado, o ministro Lewandowski assegurou ao ex-presidente Lula o acesso a arquivos de mensagens apuradas pela operação Spoofing. Por duas vezes, Lewandowski teve de reiterar sua determinação para que o juízo da 10ª vara Federal Criminal do DF cumprisse a determinação.

Migalhas

Veja Também

Conselheira federal Isabella Paranaguá representa OAB-PI em mesa redonda sobre Direito das Famílias e Sucessões na OAB-GO

A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Seccional Piauí, representada pela conselheira federal e presidente …