segunda-feira , setembro 28 2020

OAB participa de solenidade de inauguração de novo Centro Cultural de Teresina

O Presidente da Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Piauí, Celso Barros Coelho Neto, participou da Solenidade de inauguração do Centro Cultural “Professor Manoel Paulo Nunes”, localizado no prédio do Conselho Estadual de Cultura, no bairro Vermelha. O prédio foi adaptado para receber pequenos shows, circuito de artes e cinema, em parceria com o projeto Piauí Conectado.

“Valorizar a cultura piauiense é o reflexo do enaltecimento que todos nós temos por nossa história. Esse espaço vem para fortalecer ainda mais a nossa cultura, sendo uma porta para artistas que, por meio dos seus trabalhos, fortalecem a nossa identidade cultural. A OAB Piauí, como entidade que também zela pela efervescência cultural do Estado, apoia o projeto e estará sempre à disposição para contribuir com ações relevantes do Centro Cultural de Teresina”, destacou o Presidente da OAB, Celso Barros Coelho Neto.

Para o governador do Estado, Wellington Dias, a inauguração faz parte de um plano estadual de valorização da cultura.

“Buscamos, além das parcerias que temos com os agentes culturais, recuperar nosso patrimônio cultural nas mais diferentes áreas: museus, bibliotecas, integração entre cultura e educação e com dia a dia da sociedade, por meio dos eventos que realizamos em todas as regiões do estado. Esse momento é importante, porque é, a partir do Conselho, com a presença das mais diferentes áreas, que temos a oportunidade de um plano de sucesso anual para uma cultura verdadeiramente casada com a necessidade e com a realidade do Piauí”, enfatizou.

Durante o evento, o presidente do Conselho Estadual de Cultura, Nelson Nery, falou sobre a importância do novo centro. “O ambiente cultural é o único equipamento da zona sul da cidade Teresina, é um patrimônio da cidade que está sendo devolvido para a sociedade. A ideia também é trabalhar com o jovem, principalmente da rede estadual de ensino, que possa consumir e entender os produtos culturais para que passe ser um hábito o consumo de música, artes visuais, teatro, ou seja, é o patrimônio da cidade que a gente gostaria de compartilhar com todos aqueles interessados em cultura”, disse.

Na oportunidade também foi lançada a edição nº 52 da Revista Presença, que homenageia o professor Paulo Nunes. A revista ainda traz o perfil de San Tiago Dantas, pelo jurista Celso Barros, uma reportagem sobre a reconstrução do Casarão do Olho d’água dos Negros; o perfil de João Oliveira; e matéria sobre o maior patrimônio paleontológico de Teresina: a Floresta Fóssil.

Estiveram presentes no evento, o Conselheiro Federal e o Presidente da Comissão de Direito à Educação do Conselho Federal da OAB, Thiago Carcará; o Secretário de Estado da Cultura, Fábio Novo, o escritor piauiense, Cineas Santos; do Presidente da Academia Piauiense de Lestras, Zózimo Tavares;  além de representantes do Poder Público.

Veja Também

Projeto de Lei proíbe ensino privado de aumentar as mensalidades em 2021

O senador Rogerio Carvalho (PT-SE) apresentou nesta quinta-feira (17) ao Senado um projeto (PL 4.623/2020) …