sexta-feira , fevereiro 26 2021

Novo tutorial do TST auxilia profissionais do Direito em sessões telepresenciais

Para auxiliar magistrados, advogados, representantes do Ministério Público do Trabalho e servidores do Tribunal Superior do Trabalho nas sessões telepresenciais de julgamento, o TST preparou uma série de vídeos tutoriais para garantir a qualidade e a eficiência das transmissões realizadas por videoconferência.

O vídeo divulgado no último dia 24 instrui os advogados a colocar a identificação correta no aplicativo Cisco Webex Meetings antes de acessarem as sessões.

Para realizar a identificação, basta seguir o passo a passo do tutorial disponível no canal do TST no YouTubeclicando aqui. Além desse tutorial, há mais quatro vídeos na playlist chamada “Tutoriais Cisco Meetings — Participantes”, com instruções aos usuários da plataforma.

Playlist Tutoriais Cisco Meetings
Entre os assuntos tratados nos tutoriais, destacam-se como utilizar o programa Cisco Webex Meetings e como advogados devem se identificar na plataforma antes da entrada na sessão telepresencial. Os vídeos também explicam os equipamentos mais adequados para uma boa transmissão, os ambientes mais apropriados para que o usuário assista à sessão com qualidade e trazem algumas instruções técnicas de enquadramento da imagem e de luminosidade.

Além disso, as aulas ensinam como habilitar funções de áudio e vídeo, como alterar configurações gerais de exibição, como aceitar um convite para participar de uma reunião, quais as duas formas pelas quais é possível acessar o programa e como baixar o aplicativo direto para a área de trabalho do computador.

As sessões telepresenciais são realizadas por meio da Plataforma Emergencial de Videoconferência para Atos Processuais, instituída pela Portaria 61 de 2020 do Conselho Nacional de Justiça. Além de transmitidas em tempo real, elas são gravadas e armazenadas. Com informações da assessoria de imprensa do TST.

Veja Também

Juiz pode incluir executado em cadastro de inadimplentes, decide STJ

O devedor que está no polo passivo da execução fiscal pode ser inscrito em cadastros …