Mais de 6 mil contribuintes caíram na malha fina no Piauí em 2019

Dos 206.694 mil contribuintes do Piauí que declararam o Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF) em 2019, um total de 6.879 caíram na malha fiscal, conhecida como malha fina. A quantidade é pouco maior que 3% do total de declarantes que prestou contas com o leão.

No Estado, as maiores incidências em malha fiscal têm ocorrido por dois motivos: omissão de rendimentos por não declarar todas as fontes de renda ou informar com valores incorretos; e despesas com saúde, em que os gastos foram informados incorretamente.

Para verificar quais pendências ou inconsistências foram encontradas na declaração do IR. o contribuinte deve acessar a página da Receita Federal e criar um código de acesso ao Centro Virtual de Atendimento (e-CAC), consultando o extrato de processamento da declaração (Extrato Dirpf).

Em seguida, na seção “pendências”, onde é apontado o motivo pelo qual a declaração foi retida e, também, se a pendência pode ser regularizada pelo próprio contribuinte, a chamada autorregularização.

Caso o contribuinte considere que não existe inconsistência na sua declaração deve aguardar intimação e, só então, apresentar documentos comprobatórios no prazo de 20 dias do recebimento da correspondência.

Veja Também

Itália vacina mais de meio milhão de pessoas contra covid-19

Até agora no país foram vacinados profissionais da saúde, moradores de asilos e centros de atendimento …