terça-feira , setembro 28 2021

Hábitos do consumidor brasileiro no e-commerce

A Mondelēz Brasil encomendou à Metrixlab uma pesquisa inédita para entender a movimentação do consumidor brasileiro nos canais de compra online. O levantamento revelou que a motivação da compra no ambiente digital é mais racional, com predomínio da escolha por preço e variedade, e que as mulheres utilizam mais a modalidade do que os homens.

De acordo com o novo estudo, sete entre 10 brasileiros compram regularmente pela internet. O mercado deve fechar 2018 com 15% de crescimento, com destaque para as compras realizadas por meio de dispositivos móveis. “O consumidor brasileiro está amadurecendo em relação à compra online e podemos contribuir para consolidar essa transformação”, afirma Maria Clara Batalha, head de E-commerce da Mondelēz Brasil.

E-commerce

A companhia anunciou recentemente que vai olhar, cada vez mais, para os canais de crescimento acelerado e o e-commerce está nesse leque. Globalmente, a meta da empresa é elevar o faturamento para US$ 1 bilhão até 2020 no mundo. Hoje, 40% do investimento em marketing da companhia já é feito em digital, graças a um trabalho consistente realizado com as marcas nos últimos três anos.

No Brasil, a previsão é de que o comércio eletrônico da empresa cresça 100% em 2018, na comparação com o ano passado, e para 2019 a expectativa da companhia é mais que dobrar o faturamento. Para alcançar os três dígitos de crescimento, a Mondelēz Brasil vai impulsionar o mercado de groceries online em conjunto com os maiores varejistas e supermercadistas online, impactando no crescimento dos parceiros da marca. “No Brasil, temos duas grandes iniciativas digitais: a Loja Lacta, que vem crescendo em importância ano a ano; e a Loja Mondelēz – iniciativa que impulsiona o abastecimento e incremento das vendas dos pequenos varejistas, como bares, restaurantes, lanchonetes e padarias, fortalecendo nossa cobertura nacional. Além disso, trabalhamos em parceria com os maiores varejistas do país”, comenta Maria Clara. “Nosso objetivo é ter forte presença em todos os ambientes, estar onde o consumidor está, seja no varejo tradicional, que é estratégico e de grande importância para a companhia, seja no ambiente online”, complementa.

Fonte: Portal New Trade

Veja Também

Sesapi alerta para a baixa cobertura vacinal do calendário básico

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi) faz o alerta para a baixa cobertura vacinal …