Grandes nomes do Direito celebram 32 anos da Constituição de 88

A Constituição é fonte permanente de liberdade, respeito aos direitos humanos e democracia, destaca o criminalista Mariz de Oliveira.

No dia em que a Constituição completa 32 anos, grandes nomes do Direito nacional rendem suas homenagens à Carta Magna.

Ministro Humberto Martins afirma que a Constituição representa respeito à cidadania e às instituições; ministro aposentado Carlos Velloso diz que a Constituição significa Estado Constitucional, de respeito aos direitos fundamentais e liberdades públicas; para o criminalista Mariz de Oliveira, a Constituição é fonte permanente de liberdade, respeito aos direitos humanos e democracia.

A advogada Dora Cavalcanti destaca a relevância do artigo 5º, e o advogado Kakay destaca que a Assembleia Nacional Constituinte foi um momento único na história recente do Brasil; para o professor Rizzatto Nunes, a CF é uma dádiva; e o constitucionalista Saul Tourinho Leal pontua que o texto é a maneira civilizada de pavimentar um caminho seguro em busca da paz social e da liberdade individual.

Assista às homenagens.

Por: Redação do Migalhas

Veja Também

Moraes pede que PGR se manifeste após Bolsonaro desistir de depor

Ministro do STF também determinou a prorrogação por mais 60 dias do inquérito que apura acusação …