http://bit.ly/aFORÇAdoEMPREENDEDOR

Em seis anos, nº de brasileiros que compram pela internet dobrou

Entre 2013 e 2019, o número de brasileiros que fizeram compras pela internet quase dobrou, passando de 23% para 42%.

A informação é da Confederação Nacional da Indústria (CNI). Segundo o órgão, o percentual sobe à medida em que aumentam a renda familiar e a frequência em que se costuma acessar a rede mundial.

Além disso, a parcela de brasileiros que afirma nunca comprar produtos piratas subiu de 28% para 45%.

O estudo mostra que as principais vantagens percebidas nas compras pela internet são produtos mais baratos e acessíveis, além da praticidade e da comodidade. Conheça abaixo as principais conclusões da pesquisa:

Renda maior = compras mais frequentes

74% dos brasileiros com renda familiar superior a cinco salários mínimos já fizeram compras pela rede mundial. Essa parcela cai para 59% entre pessoas com renda entre dois e cinco salários mínimos e para 37% na faixa entre um e dois salários mínimos. Entre brasileiros com renda familiar de até um salário mínimo, apenas dois em cada 10 consumidores recorreram ao comércio eletrônico.

Produtos e serviços

O brasileiro adquire mais produtos do que serviços pela internet. Entre os que realizam compras online pelo menos uma vez, 98% mencionam ter comprado produtos e 75%, serviços.

De acordo com o levantamento, os produtos mais comprados pela internet são eletrônicos (TV, celular, videogames etc), citados por 43% dos entrevistados. Essa categoria é seguida por calçados, bolsas e assessórios (31%); vestuário (23%); eletrodomésticos (18%) e livros (16%).

Já os serviços mais consumidos são refeições (16%); música, jogos e filmes em serviços de streaming (16%); ingressos para shows e cinema (15%); transporte urbano (15%) e passagens aéreas (12%).

Veja Também

Home office dá direito a vale-refeição, alimentação e transporte?

Você que está no sistema de home office pode estar se perguntando se os benefícios …