Desembargadora atende a telefonema durante sustentação oral de HC

Publicado originalmente no Consultor Jurídico.

Durante sessão virtual da 1ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Espírito Santo. na última quarta-feira (23/9), a relatora de um pedido de Habeas Corpus, desembargadora Elisabeth Lordes, chamou atenção ao atender o telefone durante a sustentação oral.

Após pouco mais de uma hora de sessão, a magistrada passa a conversar ao telefone enquanto a advogada Lívia Borchardt Gonçalves faz a defesa de seu cliente. Na sustentação, ela argumenta que seu cliente era réu primário e que juntou aos autos o contrato de aluguel para comprovar seu endereço.

A desembargadora posteriormente pediu desculpas e disse que a ligação era muito importante. O HC foi negado. O caso provocou irritação de advogados nas redes sociais.

 

Jus Brasil

Veja Também

Barroso vê discurso ‘se eu perder há fraude’ em polêmica sobre voto

Presidente do TSE voltou a criticar defesa do voto impresso feita pelo presidente Jair Bolsonaro …