BB inicia desligamento consensual e mudanças em duas agências no PI

O Banco do Brasil (BB) anunciou o “Programa de Adequação de Quadros”, para transferência de empregados e desligamento consensual. A justificativa da instituição é equalizar situações de vagas em excesso em algumas unidades e aumentar a competitividade.

A adesão poderá ser feita a partir de terça-feira (30) até 14 de agosto.

De acordo com o anúncio, funcionários localizados em dependências com excesso no quadro podem aderir ao plano de desligamento incentivado ou movimentar-se para outras unidades onde há vagas.  Os funcionários que optarem pelo desligamento poderão aderir à modalidade aposentadoria ou desligamento consensual.

O banco informou ainda que não tem objetivo de reduzir seu quadro de funcionários, mas adequá-los à nova estrutura. “Não há, portanto, meta de desligamentos, pois as movimentações oferecidas poderão regularizar a situação do funcionário”, diz o banco.

Entre as medidas do programa, também está a transformação de 49 postos de atendimento em agências e de 333 agências em postos de atendimento. Segundo o banco, as agências transformadas em postos continuarão a prestar os mesmos serviços financeiros, havendo impacto somente na estrutura organizacional.

Haverá mudança em apenas duas agências do Piauí, que serão transformadas em postos de atendimento. As alterações ocorrerão nas agências de Cristino Castro e Pio IX.

O BB pretende criar 42 novas agências especializados no atendimento a empresas, até outubro.

Veja Também

Fiscais do Procon autuam três estabelecimentos por aumento de preço de máscaras e álcool em gel

Uma equipe do Programa de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon) realizou fiscalização em três …