Advogado representa contra promotora por “distrações” durante audiência

Em uma audiência virtual do Tribunal de Justiça do Pará (TJ-PA), uma promotora foi flagrada usando o celular durante vários momentos, causando indignação aos demais participantes. O caso foi comunicado à Corregedoria do Ministério Público do Pará (MP-PA) por um advogado presente.

Segundo ele, durante a audiência de instrução e julgamento, a promotora não apenas atendeu à chamada telefônica, como também se alimentou, tirou selfies, gravou áudios e conversou com outras pessoas, sem se incomodar com o fato.

 

Indignado com a situação, o advogado encaminhou uma reclamação ao MP-PA, alegando, entre outras questões, que a promotora não manteve uma conduta ilibada, não apresentou zelo pelo prestígio da Justiça e pela dignidade de suas funções, não dando atenção aos atos processuais, tampouco adotando providências quando presencia irregularidades.

Para comprovar os fatos denunciados, o advogado também teria juntado gravações de vídeo e fotos com os momentos de “distração” da promotora de Justiça.

Com informações do Migalhas

Por Redação JuriNews
Fonte: jurinews.com.br

Veja Também

Governadores pedem encontro com Toffoli para debater fim do ICMS diferenciado em energia

BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) – Os governadores têm solicitado um encontro com o ministro Dias Toffoli …