terça-feira , setembro 29 2020

Vigilância Sanitária faz trabalho de orientação com serviços de delivery

Por conta da pandemia de Covid-19 e as determinações para que as pessoas fiquem em casa, tem aumentado nas últimas semanas a demanda pelos serviços de entrega – também conhecidos como delivery. A Vigilância Sanitária de Teresina está atenta a isso e tem realizado a ação Delivery Seguro, com orientação nestes serviços para evitar a disseminação da doença.

Como explica Jeanyne Seba, gerente de Vigilância Sanitária da Fundação Municipal de Saúde (FMS), o trabalho abrange os entregadores, os restaurantes que preparam os alimentos e os usuários do delivery. “Estamos visitando os estabelecimentos e dando orientações sobre o manuseio dos alimentos e os cuidados de higiene”, explica. “Do mesmo modo, estamos orientando os entregadores em tópicos com os cuidados com os capacetes e motos, durabilidade das máscaras que eles usam para trabalhar e a importância da lavagem de mãos, que se mostra mais imprescindível do que apenas o álcool gel, que deve ser usado quando ele não tiver como lavar”, diz.

Ainda segundo a gerente, estas orientações, que já eram adotadas como normas pela Anvisa antes da pandemia, agora devem ser seguidas a risca para a segurança de todos os trabalhadores envolvidos no serviço, bem como dos clientes. “Os cuidados com a higiene nunca foram tão importantes como estão sendo agora”, alerta Jeanyne.

Confira abaixo as recomendações da Anvisa:

DELIVERY SEGURO PARA QUEM ENTREGA:
1. Limpeza  da caixa térmica com água  e sabão líquido e sanitização com  solução de água  sanitária: 45ml (03 colheres de sopa) de água sanitária para 01 litro de água
2. Higienizar os punhos  da moto  ou volante do carro com solução de água sanitária ou álcool 70%
3. A higiene  do entregador é indispensável, deve-se usar camisa de mangas compridas
4. O entregador  deve lavar as mãos com água, sabão líquido e secar com papel toalha antes de pegar a embalagem  do alimento para ser transportado
5. Levar álcool 70% para utilizar entre uma  entrega e outra
6. Manter  distancia mínima de 1,5m da pessoa que recebe a mercadoria
7. Evitar tocar em superfícies ou objetos de áreas comuns dos locais de entrega
8. As maquinetas de cartões devem  ser higienizadas  com álcool isopropílico e, para facilitar a higienização, elas podem ser cobertas com filme plástico
9. Solicitar ao cliente para inserir o cartão na máquina, evitando manuseá-lo
10. Ao retornar ao serviço, lavar as mãos com água, sabão líquido e secar com papel toalha
11. Evitar tocar o rosto e, caso seja necessário, higienizar  as mãos antes
12. Fazer a higienização  dos capacetes com frequência durante  o trabalho diário

PARA QUEM RECEBE:
1. Procure sempre  fazer  o pedido  e efetuar  o pagamento  pelo aplicativo
2. Manter  uma  distância  mínima  de 1,5m do entregador
3. Receba  o pedido  e coloque em um local limpo
4. Se  o pagamento  for efetuado  na  maquineta  de  cartão,  evite  que o entregador  o manuseie.  Higienize as mãos com água  e sabão  líquido e o cartão com  álcool 70%
5. Caso o pagamento  seja realizado  com dinheiro,  lave  imediatamente  as mãos com  água e sabão  líquido e seque,  de  preferência,  com papel-toalha
6. Retire  o alimento  da  embalagem  e coloque em um utensílio de casa
7.Jogue todas  as embalagens  no lixo
8. Lave  bem  as  mãos antes  de  consumir  a refeição
9. Ao  fim, sempre  higienizar  as superfícies  que tiveram  contato com as embalagens  ou as mercadorias  entregues com solução de água sanitária: 45ml (03 colheres  de sopa)  de água  sanitária  para  01 litro de  água

Prefeitura de Teresina

Veja Também

Banco Popular adota medidas de apoio aos microempreendedores frente à pandemia

O Banco Popular de Teresina (BP) está adotando medidas de apoio aos pequenos empreendedores que …