V Cesta Jurídica é marcada por debates sobre atualizações do Direito Coletivo do Trabalho

O TRT da 22ª Região realizou a 5ª edição da “Cesta Jurídica” – Diálogos entre Teoria e Prática. Nesta edição, os debates envolveram a temática “Os Novos Paradigmas do Direito Coletivo do Trabalho”, diante do atual contexto de reformas na legislação trabalhista brasileira. O evento foi uma realização do Tribunal e da Escola Judicial do TRT22 (EJUD22).

Com a participação de palestrantes locais e nacionais, a palestra inicial foi dirigida pelo Procurador Regional do Trabalho do Piauí (MPT/PI), Marco Aurélio Lustosa Caminha, intitulada de “A Proteção Coletiva do Direito do Trabalho”. A segunda palestra foi ministrada pela Advogada e membro da Comissão Especial de Direito Administrativo no Conselho Federal da OAB, Sarah Campos, com o tema “A Negociação Coletiva na Perspectiva do Direito Comparado”.

O Procurador Regional do Trabalho do Ceará (MPT/CE), Francisco Gérson Marques de Lima, abordou “As Novas Tecnologias e o Impacto no Sistema Sindical”, trazendo uma visão atualizada sobre a atuação dos sindicados, de modo a repensar as formas de comunicação com seus sindicalizados diante do panorama das novas tecnologias.

O Juiz do Trabalho do TRT22, Dr. Carlos Wagner Araújo Nery da Cruz, que é Juiz Titular da Vara do Trabalho de Valença (PI), abordou “O Controle da Representatividade Adequada pelo Magistrado nas Ações Coletivas: Novas Perspectivas”. Por fim, o Desembargador do TRT22, Dr. Francisco Meton Marques de Lima liderou a mesa de debates, momento em que foram ouvidos, também, líderes sindicais e demais presentes.

Em meio a discussões sobre o futuro da Justiça do Trabalho, o Desembargador Francisco Meton declarou: “Enquanto existir civilização, haverá trabalho. E, enquanto trabalho houver, haverá o Direito que disciplina esse trabalho. Não vai desaparecer a Justiça do Trabalho.”

A V Cesta Jurídica foi promovida pela Associação dos Magistrados da Justiça do Trabalho (AMATRA) da 22ª Região e pela Universidade Federal do Piauí (UFPI/CDJ/PPED), com apoio da Ordem dos Advogados do Brasil, seccional PI (OAB-PI) e Instituto Izo.

TRT/PI

Veja Também

PRO Piauí Educação tem mais de 400 projetos para melhorar infraestrutura de escolas

O governador Wellington Dias conduziu, nesta sexta-feira (23/04), uma reunião de monitoramento do PRO Piauí …