quinta-feira , agosto 13 2020

Sabor e ingredientes da cerveja influenciam mais do que preço na decisão de compra

Os consumidores de cerveja presentes no Twitter reforçaram a importância do sabor do produto no momento de decisão de compra: 46% colocou o fator como o principal, seguido de ingredientes (23%) e, em terceiro lugar, preço (22%). É o que aponta a pesquisa inédita do Twitter Brasil sobre as preferências dos brasileiros que utilizam a plataforma, e consomem e falam sobre cerveja. Divulgado  no dia 20, o levantamento foi conduzido internamente pela equipe de pesquisa do Twitter e traz informações sobre as conversas na plataforma no país entre 1º de outubro de 2018 e 30 de setembro de 2019.

 Não à toa, as características da bebida que mais agradam aos apreciadores brasileiros de cerveja no Twitter estão em linha com sua decisão de compra: leveza (44%) e a composição de puro malte (37%) foram as mais mencionadas. Já nas categorias do produto, as cervejas premium se destacam: são consumidas com frequência por 61% das pessoas; seguidas das tradicionais, por 56% delas; e das artesanais, por 29%.

No mesmo período analisado, foram contabilizados mais de 8 milhões de Tweets sobre cerveja no Brasil, incluindo conversas relacionadas a momentos de descontração, memes. O levantamento aponta que, além da grande quantidade de conversas geradas em torno do produto, as marcas também possuem espaço de destaque nos Tweets sobre cerveja. Nas conversas que envolvem marcas e campanhas, as cervejas tradicionais são as mais citadas – um total de 77%, em comparação a 22% de marcas premium e 1% de artesanal.

A pesquisa também mostra que utilizar diferentes territórios para se conectar aos consumidores pode ser uma ótima estratégia para as marcas. Entre os temas, o futebol tem destaque – quase metade dos Tweets (44%) que citam o esporte e cerveja também mencionam alguma marca. Há, também, grande abertura durante momentos como carnaval, verão, e eventos ao vivo como competições de esportes americanos e festivais de rock.

5News

Veja Também

“Desculpa mandar áudio”: pesquisa mostra como o brasileiro usa o WhatsApp

Boa parte dos usuários aderem ao recurso das mensagens de voz, mas há preferência por …