Produtos de alto consumo devem ter alta em 2018

Os preços no supermercado de produtos de alto consumo tendem a subir acima do IPCA em 2018, conforme a previsão da GfK feita durante a Convenção Nacional da Associação Brasileira de Supermercados (Abras).

O indicador leva em conta uma cesta com 35 produtos entre os mais consumidos. A tendência de que os alimentos tenham elevação este ano num esforço de recuperação de margens dos produtores.

Os aumentos de preço mais significativos devem vir de itens de alta necessidade, cuja demanda varia pouco. Além do leite e do feijão, as carnes tendem a sofrer alta.

Veja Também

Em Teresina, instituições oferecem auxílio gratuito para preenchimento da declaração do Imposto de Renda 2022

Para receber atendimento do UniFacid Wyden, basta levar 1 quilo de alimento não perecível Para …