Mulheres representam quase metade do mercado empreendedor e destacam cenário de desafios

Garantir maior representatividade feminina é uma das alternativas para estimular essa atividade

O empreendedorismo feminino abrange as iniciativas idealizadas e lideradas por mulheres. A atividade provoca transformações como o empoderamento desse público, a renovação de ideias e, no Brasil, possui 43 milhões de empreendedoras representando 48,7% do mercado, segundo a Pesquisa Global Entrepreneurship Monitor (GEM). No cenário de retomada econômica, alguns desafios ainda são enfrentados por mulheres que buscam mais espaço.

Joyce Costa, designer de unha, aponta a falta de suporte como um dos fatores que impedem o avanço desse movimento. “Para empreender, a mulher precisa ter muita coragem e força de vontade porque, geralmente, não há incentivo familiar e político. Não existem políticas públicas voltadas para isso e, se tem, são limitadas. Precisamos de mais acesso ao microcrédito, cursos e outras iniciativas”, afirma a microempreendedora.

A especialista em políticas públicas e mobilizadora do Movimento Vem (Vamos Eleger Mulheres), Naiara Moraes, também reivindica um olhar mais atento para as mulheres e a confiança naquelas que gerenciam seus negócios.

“É preciso reconhecer que muitas pessoas possuem dons para diversas áreas e que isso deveria ser fomentado por meio do Estado. Isto é, uma proteção aos empreendedores e, de forma específica, às mulheres, por conta de dificuldades como o contexto familiar, necessidade de ter diversos papéis e obstáculos para se desenvolver profissionalmente”, afirma.

Naiara aponta, ainda, o caminho necessário para garantir a maior inserção de mulheres no mercado e o acesso a benefícios e contribuições previdenciárias. “A primeira pauta que deve ser levantada é a da representatividade feminina, pois esse é o grupo que terá um olhar para a necessidade de mais cursos, mais empregos, mais capacitação e outras iniciativas para as mulheres”, finaliza.

Foto: Arquivo Ascom 

Divulgação 

Fonte: Assessoria de comunicação

Veja Também

Câmara aprova urgência para classificação econômica de profissionais de beleza

Proposta contempla serviços de bronzeamento natural e artificial e de design de sobrancelhas, cílios, micropigmentação …