quinta-feira , outubro 22 2020

De Amazon a Skol Beats: Anitta dá aula de marketing no lançamento de clipe

Em quatro horas, o videoclipe de Me Gusta, com Anitta, Cardi B e Myke Towers atingiu 1,4 milhão de visualizações, mobilizou fãs e marcas

Quem possui a assistente virtual Alexa, da Amazon, pode ter criado o hábito de dizer “bom dia” antes de acionar qualquer funcionalidade. Todos os dias, a assistente retorna o bom dia com alguma curiosidade, mas, nesta sexta-feira, 18, a cantora Anitta tomou o lugar. “Hoje a Alexa deixou eu vir dar bom dia no lugar dela para contar para vocês que acabei de lançar minha música nova”. A mensagem seguia com a possibilidade de ouvir o lançamento.

Já na hora do almoço o clipe gravado com os artistas Cardi B e Myke Towers reuniu milhares de fãs que esperaram pelo lançamento e assistiram simultaneamente. Com movimentos como esse, a música já está no Top100 do iTunes Estados Unidos e entre as mais baixadas em dezenas de países. Em quatro horas, o videoclipe atingiu 1,4 milhão de visualizações.

Com a grande repercussão, a Skol Beats, marca de bebidas da Ambev na qual Anitta tem o cargo de chefe de criatividade, fez uma homenagem a cantora. No LinkedIn, o vice-presidente de marketing da Ambev Ricardo Dias publicou uma homenagem na qual a Skol Beats aparece com o rótulo “Me Gusta”, remetendo a imagem de capa da música. Segundo a fabricante de bebidas, o lançamento desta bebida não está programado.

Outras marcas, como a Cheetos da Pepsico, entraram na onda do lançamento e fizeram homenagens.

Outra marca que aposta no lançamento é a plataforma de streaming Spotify, que divulgou a novidade em diversas partes do mundo, inclusive na Times Square, em Nova York. Em 12 horas após o lançamento, a música havia sido reproduzida 2 milhões de vezes na plataforma.

“Anitta está aquecendo o público para o lançamento há algumas semanas, isso faz toda a diferença na estratégia do marketing digital. Isso é uma dica valiosas para todas as marcas: aqueça a audiência, crie expectativa e depois ofereça seu produto” diz Fábio Mariano, especialista em consumo e professor na ESPM.

 

Exame

Veja Também

Marketing jurídico, o que pode e não pode?

Dentro do mercado jurídico brasileiro, há uma noção muito disseminada de que advogados não podem …